Pages

Um momento

Caminhando pela rua da minha pequena cidade observo os movimentos dos poucos transeuntes que circulam pelas calçadas sob o vento forte. Cada rajada de ar gelado desloca as folhas das árvores produzindo pequenas piruetas e incríveis redemoinhos. Nos quintais as galinhas ciscam a grama verdinha, um cachorro dormita esquecido de tudo, o menino solitário aproveita o vento para soltar a pipa, o senhorzinho pantaneiro com seu grande chapéu pedala sua bicicleta vagarosamente, a beata cruza a rua em direção à igreja, os motos-táxis disputam os poucos passageiros na parada de ônibus, os militares começam a sair do quartel, o único ônibus da linha interestadual parte com uns poucos passageiros...
Pequenas passagens de um lugar marcado em minha memória. 
Pequenas lembranças de um lugar que pouco mudou ao longo do tempo. 
Até mesmo o majestoso Rio Paraguai logo abaixo da minha casa compõe um quadro perfeito como pano de fundo no céu zangado e nublado. 
Tudo tão lindo, tão calmo, tão tranquilo. Algo que me faz sentir paz por um momento ainda que meu coração me faça sentir o oposto.

Tempo de reflexão.

Tempo de balanço.

Tempo de recolhimento.

Tempo de novas escolhas.

Tempo de arrancar a página. 

Tempo de renovação. 

Tempo de recomeçar.



-
"If you a dream it, you can do it!" 
Feliz dia! 
"Plágio é crime: Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998". 
Todos os direitos reservados.

3 Peles comentaram:

Lany disse...

Olá querida,

Passei para deixarte um beijao....e muito obrigada pelo teu carinho...

Beijos,
Lany

Casa Corpo e Cia: O jeito mulherzinha de ser. disse...

Paulette, amei receber sua visita.
Volto aqui com mais calma, tá?
Bom fim de semana!

Paty Molina disse...

Bem vinda ao Nada Fubanga Paula! Escrever é um exercício que fortalce nossa alma!
bjkas da Paty

Postar um comentário

Você pode gostar de: